61 98103-5127
gnosebrasilia@gmail.com

AULA 11 – ANTROPOLOGIA GNÓSTICA

Um dos maiores enigmas a desafiar o homem é o da sua origem, sintetizado na tão conhecida e repetida  pergunta: “de onde vim?” Para respondê-lo, duas grandes vertentes do conhecimento humano, a ciência e a religião, apresentam soluções. A ciência moderna, por meio da teoria embasada em estudos antropológicos, máxime, nos desenvolvidos por Charles Darwin, formulou a corrente evolucionista,  readequada, mais modernamente,  com a Teoria do Design Inteligente. A religião, por sua vez, e em especial a religião judaico-cristã, concebeu a explicação pela corrente denominada criacionismo.

Mas, e a Gnose? Como explica o surgimento, desenvolvimento e extinção da humanidade?

Nesse encontro, nos é apresentada a concepção hermética sobre a odisseia da centelha divina desde as regiões pleromáticas até os mundos inferiores. Utilizando-nos da figura da ‘Escada Divina”, acompanharemos a descida e ascensão da fagulha espiritual, no plano material a partir do reino mineral, até o hominal, passando pelo vegetal e animal. Conheceremos a diferença entre evolução, involução e revolução, para concluir que a centelha, a partir do momento que é dotada de consciência e livre-arbítrio, se confrontará com a missão de realizar o caminho de retorno, na condição de chispa autorrealizada e senhora de seu próprio progresso e aprimoramento.