61 98103-5127
gnosebrasilia@gmail.com

AULA 07 – AS POSSIBILIDADES DO SER HUMANO E OS 4 CAMINHOS

banner-aula-3

Todo ser humano possui uma ideia equivocada sobre si mesmo.

Somos tomados pela força da mente mecânica que nos provoca medo, insegurança, duvidas, preguiça,…, a mesma mente que nos ínsita a mentira e tantos equívocos.

Esta mente que gera ansiedade, expectativa no outro de ações que nos mesmos não temos,…, hipocrisia…porem para a sociedade queremos parecer seres perfeitos.

Somos egoístas, sínicos e mentirosos com nós mesmos,…, tudo isso revela nossa atrofia interna. É buscando dentro que a luz da verdade aparece e destrói nossas sombras e trevas.

Nossa ecologia planetária reflete nossa ecologia interna,…, ou seja, a nossa volta refletimos o que temos dentro.

Porém, podemos estabelecer uma mudança, uma reforma interna, alterar nossa frequência energética e vibrar com forças mais sublimes.

Podemos dizer que temos as classificações de 6 tipos humanos:

O instintivo movido por reações agressivas e imediatistas; O Emotivo influenciado pelas pessoas e com grande apego emocional a pessoas, lugares e situações; O Intelectual que teoriza e racionaliza tudo com a mente; O Místico que busca a verdade espiritual e vive em constante aprimoramento; O Mestre que encarnou a Força Cristica e trabalha em prol da humanidade; O Autorrealizado que eliminou todos os agregados psicológicos de sua constituição e é como DEUS.

Devemos buscar o Místico em nós para em seguida chegarmos a ser Mestres e Autorrealizados;

Em nossa busca podemos encontrar 4 caminhos para nossa expressão espiritual:

O Caminho do Faquir – pessoas que buscam desenvolver a vontade consciente impondo sacrifícios ao corpo físico. (inclusive mutilações e auto tortura)

O Caminho do Monge – pessoas que buscam o isolamento do mundo na busca pela fé e a devoção.

O Caminho do Yogue – pessoas que se dedicam a erudição pelo conhecimento teórico porem não realizam práticas de constatação.

O Caminho do Homem Equilibrado – pessoas que se desenvolvem nos 3 caminhos anteriores de forma equilibrada, utilizando práticas seguras e entendendo que nossa maior oportunidade de desenvolvimento é em sociedade, ou seja, na vida.