61 98103-5127
gnosebrasilia@gmail.com

AULA 24 – MAGIA BRANCA

O mundo é perpassado por invisíveis e poderosas correntes de forças que podem ser utilizadas para fins altruísticos, desinteressados e humanitário (Magia Branca). Podemos, pois evoluir da condição de joguetes dessas forças para a de seus senhores e senhoras, transformando a vida prática num continuo ato de magia, por meio da reta utilização do verbo, da vontade e da imaginação criadora.

Mas essas forças, essencialmente neutras, podem tanto ser canalizadas para obras de realização do bem, como podem ser utilizadas para fins egoícos, daí nascendo os dois grandes ramos dessa Ciência Real. E como poderíamos reconhecer, discernir entre a magia que nos eleva, que está a serviço do bem, daquela que nos arroja na dor e cria responsabilidade kármica?

A humanidade teve grandes magos e magas, homens e mulheres que, por meio do trabalho sobre si mesmo e expansão de consciência, conquistaram a ‘espada mágica’ ou a ‘varinha de condão.’

Que relação há entre magia e castidade científica?

A Magia, como disciplina essencialmente prática, tem suas fórmulas, rituais, sinais e objetos, servindo para os mais variados fins; limpeza de pessoas e ambientes, proteção psíquica, conexão com Íntimo, cura, auxílio para o trabalho iniciático etc. Nesse encontro, aprenderemos, também, algumas das principais práticas mágicas, tais como a realizar conjurações, invocações e a consagrar objetos, para ativar suas propriedades de proteção e de poder.

É uma aula, verdadeiramente, de pura Magia!