61 98103-5127
gnosebrasilia@gmail.com

AULA 23 – A SENDA INICIAÇÃO

A Iniciação, compreendida como processo de expansão de consciência e, metaforicamente, como ‘transposição da porta do Reino Interno’, é tema instigante e desafiador, pois, apesar de despertar anelos de comunhão com o Altíssimo, sempre esteve envolto por espesso véu de mistério.

A parábola do Filho Pródigo, contada por Jesus, o Luminoso da Judeía, ocultou o trajeto de retorno ao lar paterno do filho que dissipou todos os tesouros recebidos quando deixou a ‘Casa Paterna’. Se naquela época, a iniciação era tema reservado a poucos escolhidos, coube a Samael Aun Weor rasgar o véu de mistério e trazer a público, na segunda metade do século passado, minucioso e detalhado mapa do caminho.

O Mestre Gnóstico fala-nos das provas dos 4 elementos, do encontro com o Guardião do Umbral, das Iniciações Menores e, de forma profunda, da descida “à forja acesa de Vulcano” – prova máxima para ingresso do aspirante nesse caminho de Luz.

Relata-nos, com impressionante riqueza de detalhes, as sete (7) Iniciações de Fogo seguidas das sete (7) de Luz, até chegar aos píncaros da 2.ª e 3.ª Montanhas Iniciáticas, tão bem representadas pelos 12 trabalhos do Cristo grego, Hércules, o Homem Solar.

Saberemos ainda como eram realizadas as provas na antiguidade, como ocorrem atualmente e a importância de se pertencer a uma ordem iniciática.