61 98103-5127
gnosebrasilia@gmail.com

Artigo do Blog

Leia o artigo a seguir
1 set 2016

Aromaterapia – A Magia dos Perfumes e o Poder Oculto dos Óleos Essenciais

/
Postado por
/
Comentários0

Aromaterapia – A Magia dos Perfumes e o Poder Oculto dos Óleos Essenciais

 

A Aromaterapia era praticamente desconhecida do mundo ocidental até poucos anos atrás. Nos últimos anos, no entanto, a arte e a ciência dos aromas tem atraído a atenção de um público cada vez maior em todo o mundo.

A Aromaterapia baseia-se na utilização dos óleos essenciais extraídos de plantas e no toque saudável da massagem aromática, que são empregados, para a saúde e o bem-estar do ser humano, terapeuticamente e em perfumaria.

Os óleos essenciais têm ação sobre os centros energéticos do corpo humano, e induzem ao desenvolvimento da capacidade olfativa, há tanto tempo obscurecida pela infinidade de cheiros sintéticos que inundam os ambientes modernos. Para os antigos alquimistas e Mestres curandeiros, os óleos essenciais das plantas sintetizavam a chamada quintessência (princípio ativo e energético da planta).

Etimologicamente, a palavra “aromaterapia” é composta de aroma, significando fragrância, e terapia, que quer dizer tratamento.

A Aromaterapia é o ramo da Fitoterapia que, através da aplicação de óleos essenciais extraídos das plantas, pretende promover a saúde e o bem-estar ao ser humano. A ciência e a arte da Aromaterapia têm seus alicerces no princípio de que diferentes aromas acionam respostas específicas no cérebro, conduzindo a resultados próprios.

Os óleos essenciais são formas altamente concentradas de energia das plantas e, costuma-se dizer, constituem a sua alma, a sua força vital.

O mecanismo do sentido do olfato – sua conexão entre o ar exterior e o cérebro – é um poderoso disparador do sistema nervoso central. Como toda pessoa já experimentou um dia, alguns aromas têm a capacidade de evocar sentimentos como a saudade, sensações como a náusea, e reações fisiológicas como a “água na boca”. E, geralmente, é assim mesmo: um aroma quase sempre provoca um efeito imediato.

Embora os óleos essenciais tenham essa aplicação através de aromas específicos, também apresentam outras numerosas e importantíssimas propriedades farmacológicas que os caracterizam como antibióticos, antissépticos, antivirais, etc. Os óleos essenciais penetram no corpo por inalação, através das vias respiratórias, ou por absorção, diretamente pela pele, atingindo a corrente sanguínea.

Em países como o Brasil e os Estados Unidos, a retomada desta prática é muito recente, datando de poucos anos atrás. O termo óleo essencial também é de criação muito recente.

No entanto, a ciência da utilização dos óleos essenciais vem de milhares de anos atrás, antes dos tempos do Egito Antigo. Na verdade, a Índia há 6.000 mil anos mantém a prática da Aromaterapia até os dias de hoje, e a China, onde deve ter surgido, há mais tempo ainda.

O grande estudioso Samael Aun Weor, em seu livro “Medicina Oculta” aborda diversas plantas encontradas no Brasil e na América Latina que hoje são utilizadas na fabricação de óleos essenciais.

Em 17 de setembro (sábado), a Associação Gnóstica de Brasília realizará um workshop de Aromaterapia – o poder dos óleos essenciais para a saúde física e energética do ser humano. Faça já sua inscrição!

Wanderson Gomes da Silva é especialista em TI e instrutor da AGB